O que é fundamental no seu dia-a-dia? Qual foi a melhor descoberta para a humanidade? Você se considera uma pessoa muito ou pouco ligada à tecnologia? Seu relógio despertou hoje antes do trabalho? Você gosta de escutar música?

Abre seu e-mail com frequência? Deixa suas roupas na máquina de lavar enquanto esquenta sua comida no micro-ondas? Quem é que está te ligando agora? O que você pensa sobre os atentados terroristas do Estado Islâmico? Gosta de assistir jornal, novela, filme ou série ao fim do dia? Será que vai chover amanhã?

A presença da eletrônica

Talvez um ponto comum de todas as respostas para essas e muitas outras perguntas seja a eletrônica. Ela está presente em todo o nosso dia.

Você pode até pensar na sua avó que não tem um celular, nunca entrou na internet e nem sabe dirigir – embora hoje isso seja cada vez mais raro. Mas como ela conserva seus alimentos? Tem um álbum de fotos da família? Recebe a aposentadoria regularmente no banco? Ainda manda cartão postal no Natal? Mas como esse cartão chega até outra cidade?

A tecnologia

Você nem precisa ser um estudante de ciência da computação que carrega cinco aparelhos na mochila, e passa o dia na frente do notebook criando um aplicativo para celular.

Você pode optar por caminhar ao invés de andar de carro e ler o jornal para não precisar ter uma televisão ou computador. Mas como esse jornal chegou até a sua casa? E, aliás, cuidado, ao avistar o primeiro semáforo vermelho, pare ou poderá ser atropelado. Mas por que aquela luz ficou vermelha?

A questão é que não precisamos ser tão ligados assim à tecnologia para a eletrônica ser uma peça fundamental do nosso dia-a-dia. Independente do nosso grau de relação com aparelhos eletrônicos, simplesmente estamos rodeados por suas funcionalidades que, ao longo do tempo, garantiram maior conforto, comodidade e segurança para nossa sociedade.

A importância da eletrônica

A eletrônica já está inserida de maneira intrínseca em nossas vidas. E por mais que sejamos resistentes a certas tecnologias, é praticamente impossível abdicar de todas as funcionalidades e facilidades que ela nos oferece. A comunicação, o transporte, o lazer e o trabalho, e de forma geral, nosso bem-estar, estão rodeados de eletrônica.

Nos acostumamos com as facilidades que os ramos da eletrônica nos proporcionam e o mundo recorre cada dia mais às suas soluções. A área da saúde, por exemplo, é uma das que mais tem recorrido aos avanços da eletrônica para curar doenças, realizar exames, sintetizar medicamentos e superar deficiências.

Enfim, a eletrônica adquiriu tanta importância que boa parte da nossa rotina está integrada a ela. Nossas necessidades mais básicas como a alimentação, higiene e saúde estão permeadas de aparelhos eletrônicos. Sem falar na educação, informação, cultura, entretenimento e comunicação.

A realidade é que o avanço da tecnologia eletrônica criou diversas necessidades na nossa rotina, principalmente para as gerações mais recentes. Será que estamos reféns da vida eletrônica? Mas, espera aí, o que é eletrônica?