Você sabe como a tecnologia e a eficiência energética melhoraram os resultados das indústrias? Não?

Neste artigo nós falaremos sobre o que é a eficiência energética, as principais tecnologias que são utilizadas em operações industriais e, claro, quais são os impactos produtivos de tudo isso no setor industrial.

Eficiência energética

A eficiência energética é a relação entre a quantidade de energia que é despendida em um determinado processo e a quantidade de energia que realmente é necessária para que o processo seja realizado.

Ou seja, o seu objetivo é avaliar gastos desnecessários de energia no decorrer das atividades, otimizando a sua alocação correta. Assim, de forma geral, ela é definida como um conjunto de ações que buscam reduzir custos, eliminando possíveis desperdícios envolvidos no processo e mantendo altos níveis produtivos.

Entre todas as ações da eficiência energética, as mais importantes são:

  • medição precisa do rendimento das atividades;
  • medição e ajustes de temperatura;
  • mensuração e acompanhamento dos principais indicadores de consumo.

Como aplicar a eficiência energética em uma operação industrial?

Agora que entendemos o que é eficiência energética, vamos entender como ela pode ser aplicada nas indústrias.

A gestão energética nas indústrias é aplicada, muitas vezes, em redutores e motoredutores — que são equipamentos industriais que trabalham diretamente com a redução e a multiplicação de velocidade, energia e torque.

Pense no exemplo a seguir: você possui uma indústria e em sua operação há um redutor de velocidade siemens ativo. Porém, em um determinado momento, percebe que o redutor está apresentando um superaquecimento e uma vibração maior do que era esperada.

O que você faz? Bem, nesse caso, há duas possibilidades:

  • O redutor sofreu desgastes com o tempo, apresentando falhas em suas engrenagens, rolamentos, mancais, etc;
  • Não houve uma boa gestão energética do ativo, que é o que acontece quando os equipamentos são operados a níveis extremos de sobrecarga.

Em ambos os casos, a sua produtividade diminui e os custos aumentam. Portanto, podemos dizer que a eficiência energética, seja nas indústrias ou em empresas, está ligada diretamente à produtividade e aos custos de um processo produtivo.

Como as tecnologias impactam os resultados de uma indústria?

Após entender a relação entre eficiência energética e indústria, chegou a hora de entender como as tecnologias ajudaram a melhorar a gestão e os resultados operacionais das fábricas.

Hoje em dia, com o surgimento da internet e o avanço constante das tecnologias, as indústrias são chamadas de fábricas inteligentes ou indústrias 4.0 — nomes que surgiram a partir da otimização tecnológica dos mais variados processos industriais.

Logo, dentre todas as tecnologias que são utilizadas, destacamos três: a automação industrial, a comunicação integrada dos ativos e a internet das coisas.

Automação Industrial

A automação industrial é utilização de softwares, hardwares, sistemas e sensores como forma de automatizar processos dentro de uma indústria.

O seu objetivo é maximizar a produção, diminuir o consumo de energia (melhorar a eficiência energética de uma indústria) e otimizar processos e atividades.

Comunicação integrada e Internet das coisas

A internet das coisas é definida como a conexão entre pessoas e objetos. Ela possibilita que máquinas se comuniquem entre si através de uma rede computacional integrada e sensores que transmitem informações, inseridos nesses equipamentos.

Portanto, a partir dela é possível que todos os ativos da sua indústria se comuniquem, notificando a central quando algo está errado. A partir disso, os gestores conseguem atuar de forma mais incisiva nos problemas que os cercam, além de tomar decisões com uma base maior de dados e informações.

Conclusão

Conseguiu perceber como tudo está interligado? O avanço das tecnologias possibilitam uma melhor eficiência energética para sua indústria que, consequentemente, gera maior receita e melhores resultados para você!

Sendo assim, transformar-se em uma fábrica inteligente é fundamental para que você garanta uma maior eficiência energética e se mantenha competitivo no mercado.

Lembre-se: estamos na era da automação, robótica e tecnologia. Fechar os olhos para todas essas tecnologias é ver os seus concorrentes crescerem e ocuparem espaços relevantes.

Artigo produzido pela Acoplast Brasil, empresa referência há mais de 20 anos na distribuição e fabricação de acoplamentos mecânicos, motoredutores, redutores de velocidade, contra recuos, anéis de contração e mais!