Após algumas prorrogações, o Ministério das Comunicações anunciou na última terça-feira (16), o início do processo de desligamento do sinal de TV analógico no Brasil, em acordo com a Abert (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

O plano piloto começou a ser implementado a partir da cidade de Rio Verde (GO), que possui aproximadamente 197 mil habitantes. Canais como Canção Nova e Rede Vida só estarão disponíveis pelo sinal digital e, posteriormente, canais maiores como Globo, Record e SBT também.

A ideia é que o índice de alcance do sinal digital seja de pelo menos cerca de 90% para que o processo não seja atrasado e o desligamento do sinal analógico seja concluído até 2018. Para isso, haverá a necessidade de distribuição de conversores digitais às famílias registradas em programas sociais do governo através do Cadastro Único.

Além da campanha obrigatória 360 dias antes do desligamento (com tarja informativa na tela), os dois meses antecedentes devem também apresentar uma indicação fixa com contagem regressiva para que as pessoas tomem suas providências para continuar assistindo a TV aberta, agora em novo formato.

VANTAGENS DO SINAL DIGITAL

A substituição do analógico pelo digital se faz principalmente pelas melhorias disponibilizadas aos telespectadores.

Dentre as suas vantagens, a alta qualidade das imagens vem da maior quantidade de pixels, que passa de 640 na horizontal e 480 na vertical, para 1920 na horizontal e 1080 na vertical, possibilitando melhor definição visual. A TV digital pode proporcionar uma imagem até seis vezes melhor que uma TV de tubo.

Além disso, o som também possui melhor qualidade, com menos ruídos e interferências, e há ainda o suporte à recepção móvel do sinal.

Outra vantagem é a possibilidade de interação. Os aparelhos eletrônicos que apresentarem o selo DTVi podem receber além do sinal digital enviado pelas emissoras, um sinal com aplicativos interativos. Dessa forma, o usuário pode ir além da programação do canal e ter novas experiências.

O INICÍO

O processo de implementação do sinal de TV digital no Brasil começou ainda no governo Lula. A primeira transmissão oficial ocorreu em São Paulo, no dia 02 de dezembro de 2007.

A partir do mês de maio do ano seguinte, campanhas de popularização já eram demonstradas em grandes centros de circulação.

O padrão de TV digital adotado pelo Brasil (ISDB-TB) é uma adaptação do padrão japonês (ISDB-T) com tecnologias pesquisadas e desenvolvidas nas universidades brasileiras.

Em 2007 começou então a transmissão do sinal digital para São Paulo e região metropolitana, para apenas no ano seguinte chegar a outras capitais como Belo Horizonte, Goiânia, Curitiba e Rio de Janeiro.

Atualmente, estima-se que mais de 700 cidades brasileiras já recebem o sinal de TV digital, número que aumenta todos os meses de acordo com o trabalho das emissoras de TV aberta, e que até 2018 deve atingir todo o país.


Quer saber quando o sinal analógico da sua região será desligado? Entre no site Você na Tv Digital, tire suas dúvidas e saiba mais sobre as datas previstas.